profissionais da área de tecnologia estudando sobre o que faz um analista de negócios

O que faz um Analista de Negócios?

profissionais da área de tecnologia estudando sobre o que faz um analista de negócios
Julia Gomes
18 de setembro de 2020
profissionais da área de tecnologia estudando sobre o que faz um analista de negócios

Você sabia que para desenvolver um bom software não são necessários apenas desenvolvedores? Pois é, o time de desenvolvimento é multidisciplinar, ou seja, vários profissionais de várias áreas são envolvidos no processo de criação de um software.  

Dentre estes profissionais está o analista de negócios. Você sabe qual seu papel dentro do time? Quais suas principais características? Afinal, quem é esse tal de analista de negócios? Não sabe como responder?! Este texto é pra você! 

Qual o papel do Analista de Negócios?

Pra começar é importante entender que o analista de negócios tem como principal função criar soluções e documentá-las, em formato de requisitos de software, de modo que o cliente e o time todo possam compreender. Este profissional tem um papel importantíssimo dentro do time pois, além da papelada, faz parte do seu trabalho entender do negócio e atuar como um parceiro do cliente e também do time.  

Parceiro do cliente 

Uma das funções do analista é entender o negócio envolvido no projeto e, para isso, nada melhor do que se juntar as pessoas que já o dominam!  

O cliente, neste cenário, é o maior parceiro do analista de negócios já que é ele quem tem as informações sobre processos, estratégias e necessidades do negócio. Por isto, o profissional deve se aproximar do cliente e coletar as informações necessárias.  

Isto pode ser feito de inúmeras formas como entrevistas, envio de questionários, leitura de documentos ou até mesmo a observação em campo. Não posso dizer que uma forma é melhor do que a outra, tudo vai depender do cenário que o analista estiver atuando. 

Depois de entender as motivações e estratégias relacionadas ao negócio e ao projeto, o papel do analista passa de aprendiz para parceiro. O analista deve ir além do que é diretamente solicitado a ele, é parte do seu trabalho auxiliar e direcionar decisões e, também, sugerir soluções viáveis e eficazes. 

Ou seja, a relação do analista com o cliente deve ir além do “trabalho de garçom”, ou seja, um bom analista não apenas retira os pedidos do cliente, ele também o auxilia estrategicamente, ajudando a construir um projeto cada vez mais aderente e valoroso. 

Parceiro do time  

Também faz parte do trabalho do analista entender as limitações técnicas e tecnológicas envolvidas no desenvolvimento. Para compreende-las é necessário que este profissional se aproxime da equipe técnica. 

O primeiro passo dentro desta parceria é ajudar ao time técnico compreender os objetivos do projeto. Entendendo as metas de negócio do projeto, o time técnico será capaz de auxiliar não só na validação mas também na construção das soluções e no levantamento de dúvidas. 

É fundamental que o analista realize a validação das soluções com o time técnico, para que possa garantir a viabilidade e possíveis riscos das mesmas antes de passar para o cliente, evitando possíveis frustrações. 

A parceria do analista de negócios com o time técnico é uma via de mão dupla, já que o analista precisa de ajuda para as validações e o time técnico precisa compreender as motivações e expectativas envolvidas no projeto. Sem esta relação, é bem provável que, haja retrabalho para ambas as partes. 

Seu trabalho 

O trabalho do analista de negócios é baseado em parcerias, mas vai além da conversa com todas as partes envolvidas. É necessário registrar e documentar as decisões e soluções, mas como fazer isso? 

Bem, a documentação pode ser feita de inúmeras formas. Para saber quais documentos são necessários, o nível de detalhes a chegar e os formatos a serem utilizados, é necessário avaliar o perfil e necessidades da equipe e do projeto. 

Nem só de texto vive um analista de negócios. Este profissional também pode ser responsável pela criação das interfaces e protótipos do projeto, por isso, recomenda-se que conheça conceitos de usabilidade e boas práticas para ideação de telas. 

Então, ao finalizar o detalhamento o trabalho do analista está concluído? Não! O analista de negócios é responsável pela disseminação do conhecimento de negócio para o time e, quem deve oferecer apoio a todo o time durante as etapas de desenvolvimento, homologação e até mesmo de entrada em produção do projeto. 

Além disso, é esperado de um analista um bom trabalho de gerenciamento de esforço, guiando o time dentro do que foi acordado e fazendo os alinhamentos necessários.  

Então, quem é o analista de negócios? 

Como podemos ver, o papel do analista vai além dos requisitos de software. Seu trabalho inicia junto do cliente, entendendo os problemas e motivações e evolui para uma parceria, onde identificam e propõem melhorias para os processos e sistema em desenvolvimento. Depois de entender os objetivos e necessidades, o analista de negócios realiza um repasse para o time técnico, com quem vai validar as soluções tecnicamente.  

Um bom analista de negócio tem a habilidade de enxergar o todo pela perspectiva do cliente, usuário e do time. Este profissional deve ter como uma de suas metas proporcionar uma economia inteligente para o cliente, ou seja, entender o que de fato é valoroso e necessário para o projeto evitando assim frustações e desperdício de tempo e dinheiro. 

Para saber mais sobre o trabalho do analista de negócios, acesse o portal do IIBA-BR. 


Escrito por

Julia Gomes
Julia Marques Gomes é Analista de Negócios na DB1 Global Software, e hoje atua no projeto CNA.

Inscreva-se e receba nossa newsletter!

Estamos sempre gerando conteúdos inéditos para compartilhar conhecimento com você, além das últimas notícias de tecnologia.