skip to Main Content
Pessoa Aprendendo Um Idioma Em Frente Ao Notebook, Fazendo Anotações.

Como começar a estudar um idioma? Confira 8 dicas!

Entender como começar a estudar um idioma exige muita dedicação e, às vezes, sentimos que nunca seremos fluentes. Sabemos que esse sentimento deve atingir a grande maioria das pessoas que buscam aprender uma nova língua, então a primeira dica é não se comparar tanto com os outros, pois cada pessoa tem um tempo para aprender.  

O ponto principal para começar a estudar inglês (ou qualquer outro idioma) é o contato diário com a língua. Então, gostaria de deixar aqui algumas dicas que podem ajudar você a começar. 

Antes, pense porque você quer aprender esse novo idioma. Você gostaria de poder conversar com as pessoas em viagens? Entender programas de TV, música e filmes? Ou você gostaria de usá-lo para crescer profissionalmente? Liste também suas maiores dificuldades: do que você mais tem medo: escrever, ouvir, falar ou ler? 

Clique para baixar o guia prático para desenho de arquitetura de software.É importante identificar esses pontos para poder realizar um plano que atenda às suas necessidades.  

Como começar a estudar inglês (ou outro idioma)? 

Entendendo suas necessidades e suas dificuldades, é o momento de começar a estudar da melhor forma, com dicas que tornam mais simples o processo de aprendizagem.

1. Comece a ler pelo básico 

Se o seu inglês é muito básico, você pode começar lendo livros infantis ou histórias em quadrinhos. Esta é uma ótima maneira de se acostumar com a linguagem e a estrutura gramatical.

2. Assista a séries

Comece a assistir as séries no idioma original com legendas em seu idioma nativo. Conforme você se acostuma com o idioma, defina a legenda para inglês até que possa removê-la.

Pessoa lendo quadrinho em inglês para aprender o idioma.
Começar a ler por livros mais simples, como quadrinhos, é uma ótima ideia.

3. Leia notícias

Pesquise por sites de notícias em inglês. O site News in Level traz a notícia para diferentes níveis de inglês (básico, intermediário e avançado), por isso, vale a pena conferir! 

4. Ouça sua própria voz

Grave sua voz falando em inglês. Você pode começar lendo uma notícia em inglês. Depois de gravá-la e ouvi-la, tente entender como você pronuncia as palavras e quais delas são mais difíceis. Escreva os termos os quais você teve mais dificuldade e tente pronunciá-los em voz alta. Isso ajudará você a corrigir o novo idioma.

Homem escutando sua própria voz pronunciando palavras em inglês.
Grave e escute sua própria voz para desenvolver sua pronúncia.

5. Aprenda com você mesmo

Falar em frente ao espelho, assim como gravar você falando, também pode ajudar muito. Assim, você vê a movimentação da sua boca, consegue ajustar pronúncias e acostuma cada vez mais a falar o idioma.

6. Evite traduções

Tente não traduzir as palavras. Sempre que você ler ou ouvir uma palavra em inglês, pense sobre o objeto e sobre o sentido dela ao invés da tradução.  

Por exemplo, ao ver a palavra “ball”, não traduza, pense no objeto bola. Assim, seu cérebro vai parar de traduzir as palavras para sua língua nativa.

7. Ouça podcasts

Procure um podcast do seu interesse. A BBC tem ótimos podcast para quem quer aprender inglês e, se você gosta da série The Office, recomendo o podcast Office Ladies, apresentado pelas atrizes Jenna Fischer e Angela Kinsey, que interpretaram Pam Beesly e Angela Martin.  

O podcast fala sobre a experiência de gravar a série e também traz algumas curiosidades sobre o elenco e os episódios.

8. Pratique com outra pessoa

E, por último, procure pessoas que também tenham interesse em falar um novo idioma, para que você possa praticar com mais frequência. Procure também clubes de conversação.  

Tela do WhatsApp.
Treinar seu inglês com alguém – tanto mensagens quanto conversações – é uma excelente forma de treinar.

Por exemplo no Grupo DB1, temos um clube de conversação em inglês, que acontece três vezes por semana, e isso ajuda a colocar o nosso aprendizado em prática.  

O mais importante é combinar o aprendizado com algo que você goste de fazer. Então combine sua paixão por esportes, por cultura, por quadrinhos, por literatura e por aí vai com o aprendizado de um novo idioma. Espero ter ajudado você com essas dicas! 

E, se você se interessou pelo Grupo DB1 e quer conhecer mais sobre as oportunidades dentro dele, clique na imagem abaixo e confira! Existem vagas presenciais e home office, todas com diversos benefícios! 

Acesse as vagas abertas e venha trabalhar na DB1!

Sobre a autora

Nayara Nairne é formada em tecnologia em Recursos Humanos e Psicologia e atua há oito anos na área, atualmente faz parte do time de Aquisição de Talentos do Grupo DB1.

Fale com a Nayara no LinkedIn!

Compartilhe:

This Post Has 0 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top